Publicado em Café com Letras

A Bossa que é eternamente Nova

 

Uma pequena amostra do que vai ser o sarau que nossos músicos, Fabio, Leandro e Henrique,  preparam para o Café com Letras do dia 5 de dezembro às 18.30h no Restaurante Cajú.

Façam suas inscrições no email:

cafecomletrastoronto@gmail.com

Vamos deixar só cadeiras para recebermos mais amigos no ultimo encontro do ano.

Lá estaremos esperando por vocês para desejar também felizes festas e um 2013 pleno de energia para todos nós.

Publicado em Café com Letras

“Oportunidades de investimento” Maurício Dreher

Este slideshow necessita de JavaScript.

A conversa com Maurício implicou um desafio novo para a tradição que cultivo de incluir, ao começo de nossas sessões, uns tantos versos de nossos poetas.

Dinheiro e poesia raras vezes frequentam as mesmas rodas. Para dizer a verdade, são muitas as acusações de que a riqueza e o dinheiro são inimigos da poesia

Foi difícil, apelei para meu coronel e só nos ocorreu um poema ,

as palavras de mágoa e despeito de Noel Rosa, assomado de uma consciência positivista, para a namorada que o deixava:

“Vai orgulhosa querida

mas aprende essa lição,

no câmbio infecto da vida,

a libra sempre foi o coração”.

Libras, euros, reais ou dólares, os caraminguás afinal podem e devem servir também para alimentar sonhos, ou viabilizar a ousadia de criar e inovar.

Fiquemos portanto com essa componente do sonho para nossa poesia de hoje.

Mesmo e sobretudo do sonho que esteja fora do alcance de nossos braços e carteiras.

E sigamos com Manuel Bandeira, a saúde frágil, a alma ágil:

“Se me perguntares: queres ser estrela? queres ser rei?

Queres uma ilha do Pacífico? um bangalô em Copacabana?

Eu responderia: não quero nada disso, tretarca.

Eu só quero as três mulheres do sabonete Araxá.”

E ainda com Manuel seguimos pra Pasárgada, para ter – como dizia sempre – “a delícia de poder sentir as coisas mais simples:

“E como farei ginástica

Andarei de bicicleta

Montarei em burro bravo

Subirei em pau de sebo

Tomarei banhos de mar!”

Depois de tantos preambulos tivemos a palestra de Maurício Dreher recheada de boas informações de investimentos no Canadá.

Aprendi um pouco, o suficiente para me dar conta que o Canadá é cheio de peculiaridades , muito menos linear do que a nossa caderneta de poupança e que é preciso um adviser para nos aconselhar e nos mostrar as enormes diferenças de mercado daqui.

Obrigada, Maurício por seus ensinamentos e esclarecimentos. A palestra agradou a todos, os de maior e menor conhecimento no assunto: o que significa muito.

Obrigada às minhas voluntárias:

Raquel Teixeira e Rita Cassia na recepção;

Minhas fotógrafas do dia: Denise Andreadis e Vera Custodio

Minha designer para os convites: Carol Leães

Mario e sua equipe incansáveis que fazem o café um evento agradável e gostoso.

Aos premios que recebemos para sorteio:

Guiomar Campbell – Tratamento de Shiatsu e acumpuntura

Sessão de fotos de Denise Coelho

Cêsta de Natal do Maurício Dreher

Ingresso para feijoada do Pastor José Fernandes

Massagem com a Flavia Gusmão

Um pão delicia da Terezinha Borges

Um jantar no Cajú