Publicado em Café com Letras

Café com Letras 8a edição

Image

Estão abertas as inscrições para o próximo Café com Letras no dia 11 de abril.
Mais uma palestra que promete!!!

Como sempre façam as inscrições no email:
cafecomletrastoronto@gmail.com
As vagas são limitadas e peço que avisem no caso de algum inconveniente .

O Café com Letras esta aberto a todos que quiserem participar, homens ou mulheres. O importante é que são encontros de amizade e a possibilidade de discutirmos temas de interesse geral e que falem da nossa cultura.
Espero por vocês.

Publicado em Café com Letras

Palestra de Hudson Moura

Este slideshow necessita de JavaScript.

Encontrei essa poesia de Paulo Levinski e achei que resumia bem  o poder mágico que o cinema exerce sobre as pessoas.

No cinema, nas histórias que a gente vê no cinema é que a gente se identifica, se encontra, a gente se decifra, a gente sonha.
Hudson Moura, fez um ótima palestra, carregada de informação e nos levou numa viagem no tempo pelo universo do cinema brasileiro.
Num clima alegre e descontraido, a participação de todos foi completa.

A LUA FOI AO CINEMA,

poesia infantil de PAULO LEMINSKI

A lua foi ao cinema,

passava um filme engraçado,

a história de uma estrela

que não tinha namorado.

Não tinha porque era apenas

uma estrela bem pequena,

dessas que, quando apagam,

ninguém vai dizer, que pena!

Era uma estrela sozinha,

ninguém olhava para ela,

e toda luz que ela tinha

cabia numa janela.

A lua ficou triste

com aquela história de amor,

que até hoje a lua insiste:

-Amanheça, por favor!

Paulo Leminski Filho (PR 1944 – PR1989)

Escritor, poeta, tradutor e professor brasileiro. Era, também, faixa-preta de judô.