Publicado em Café com Letras

A importância de saber português hoje e amanhã

Li essa matéria no Tudoaqui.ca de 15 outubro  de 2011.

Na verdade ela foi publicada em Vancouver, pelo CEO da Weatherhaven, empresa canadense que passou a ensinar português aos seus funcionários, numa demonstração do crescente interesse do Canadá pelo Brasil.

Achei super interessante ,essa é minha maior  preocupação com relação as nossas crianças que crescem no exterior. É tempo de nos darmos conta que é um privilégio para nossos filhos e nossa obrigação cultivar a língua de herança para nossos filhos. Leiam que vale a pena. Esse vai ser o tema da nossa palestra de dezembro. Valeria Sales vai nos falar da “IMPORTÂNCIA DO PORTUGUÊS COMO LÍNGUA DE HERANÇA”.

 

Reportagem do The Vancouver Sun publicada em 11 de outubro de 2011 traz a seguinte pergunta:

Nossas crianças deveriam estar aprendendo Português do Brasil?

De acordo com o artigo escrito por Ray Castelli, presidente da empresa canadense Weatherhaven, muitas crianças no Canadá estão estudando Francês e Chinês, devido à preocupação de seus pais com um futuro competitivo. Porém, muitas pessoas ainda não se deram conta de que o Brasil já é a 7ª Economia Mundial, um dos emergentes de maior crescimento no mundo e com significante potencial de negócios com o Canadá.

Uma das primeiras missões comerciais do Primeiro Ministro Stephen Harper, desde o início do seu segundo mandato, foi ao Brasil. E nos últimos 100 dias, o novo Ministro Canadense de Negócios, Ed Fast, já colaborou com a realização de duas viagens de negócios ao Brasil.

Com vastos territórios e recursos naturais, o que um país tem a oferecer ao outro?

O Canadá tem mais de 80 anos de experiência em desenvolver uma economia baseada em recursos naturais, construir infra-estrutura crítica e transpor grandes áreas adversas para conectar a população aos recursos naturais.

Desenvolvimento de infraestrutura é uma grande prioridade no Brasil. Além de sediar a Copa do Mundo 2014 e as Olímpiadas em 2016, o Brasil tem planos de investir mais de $800 bilhões em infraestrutura nos próximos 10 anos. Um exemplo de soluções que o Canadá pode oferecer ao Brasil é na área de abrigos e acampamentos portáteis, mercado no qual o Canadá é líder mundial.

A empresa canadense Weatherhaven é especializada em desenvolver abrigos portáteis para diversas condições como exploração de recursos naturais, alívio temporário em desastres e mercado militar. Há 10 anos fazendo negócios com o Brasil, a empresa considera o país um de seus mercados mais promissores e já oferece aulas gratuitas de português para seus funcionários em Vancouver. Durante a visita de Stephen Harper ao Brasil, a Weatherhaven fez novos acordos com a empresa brasileira de exploração de petróleo HRT.

O Brasil é claramente um dos países de maior e mais rápido crescimento no mundo. Suas empresas estão se tornando cada vez mais fortes e algumas têm adquirido companhias canadenses, como por exemplo: a Vale do Rio Doce que comprou a empresa de mineração INCO e a AmBev que adquiriu a Labatt.

Ironicamente, o ritmo de crescimento do Brasil supera sua capacidade de investir em pesquisa/desenvolvimento e também em educação, o que oferece às companhias canadenses e aos setores educacionais tremendas oportunidades de preencher estas lacunas. O Canadá já é o primeiro destino de estudantes brasileiros para o exterior.

A reportagem do The Vancouver Sun encerra assim: “If you don’t know much about Brazil, or if your view of it is based on old stereotypes, you owe it to yourself and your children to learn more about this country. Not only won’t you regret it, your children may one day tell you “Obrigado.””

Portanto, não apenas é crucial manter os nossos filhos falando português, como também outras crianças deveriam aprender o nosso idioma para enfrentar o mercado competitivo do futuro.

Para ler a reportagem completa, favor acessar:

http://www.vancouversun.com/business/Should+kids+learning+Brazilian+Portuguese/5534886/story.html